Viva bem, viva de boa!

Peixe no Cardápio

Ótima escolha, não só na Páscoa!

Com o período da quaresma é muito comum a procura pela carne de peixe em relação aos demais períodos do ano. No Brasil temos uma grande variedade de peixes de água doce e salgada disponíveis para compra que podem agradar os mais variados paladares e gostos, e serem uma ótima opção para combinar com diversos tipos de pratos.

 

Comece a incluir peixes na sua alimentação ao menos uma vez por semana!

Com uma carne magra e de fácil digestibilidade, esta proteína é muito nutritiva e rica em minerais, vitaminas (principalmente vitamina D, que fortalece os ossos; e vitamina B12, que contém importantes nutrientes para as células do sangue), além dos ácidos graxos – essenciais para o nosso organismo.

Seu consumo regular pode trazer diversos benefícios à saúde. Entre eles destacam-se:

- Melhora da memória e concentração
- Diminuição do colesterol ruim (LDL)
- Aumento do colesterol bom (HDL)
- Melhora da circulação sanguínea
- Controle da pressão arterial, entre muitos outros benefícios

Mas ATENÇÃO: lembre-se que para aproveitar melhor todos os nutrientes da carne de peixe é importante que ele seja preparado cozido, assado ou grelhado, evitando sempre que possível as frituras.

 

Qualidade é fundamental

Na hora de comprar o peixe é preciso observar algumas características para saber que se estará levando uma carne fresca e de qualidade para consumo.

Peixes frescos inteiros:
Os olhos do peixe devem estar brilhantes, guelras rosadas, pele firme e as escamas devem estar transparentes e não soltar da pele com muita facilidade. A carne não deve ter furos nem cortes em sua superfície e tem que estar armazenada ou exposta em temperatura adequada (abaixo de 8º C).

Peixes congelados:
A embalagem deve conter sempre a data de validade. É importante observar também a coloração da carne, se está uniforme (sem manchas), não pode haver líquidos no interior da embalagem (o que pode indicar descongelamento/armazenamento inadequado) e, depois de descongelado, não deve apresentar odor muito forte.

Peixes salgados:
Devem estar expostos em local limpo, arejado e coberto por telas ou algo que impeça o contato da carne com insetos, poeira etc.

Devido a carne do peixe ser muito sensível ela estraga com facilidade, sendo assim, é fundamental fazer o armazenamento adequado após a compra também, mantendo-o resfriado até durante o descongelamento ou dessalgue. Caso não esteja congelado deve-se consumi-lo o quanto antes.


Amanda Dantas - Nutricionista