Viva bem, viva de boa!

Aumente o “pique” com alimentos energéticos

Com a correria do dia a dia é cada vez mais comum nos sentirmos cansados, com sono e, muitas vezes, sem ânimo para nada. Parece que entramos em um “piloto automático” em que falta disposição até mesmo para cuidarmos da gente.

 São nesses momentos que podemos recorrer a alguns alimentos com alto poder energético que ajudam a dar aquela animada no nosso dia e na nossa rotina. Confira abaixo uma relação:

 

Cacau em pó/Guaraná em pó/Café/Chá verde

Esses quatro alimentos são ricos em cafeína, substância que faz com que nosso organismo fique alerta e diminua a fadiga.

Atenção: hipertensos e pessoas que sofrem de insônia devem consumir estes alimentos com moderação.

 

Geleia real

A Geleia Real é riquíssima em nutrientes como vitaminas do complexo B, minerais antioxidantes e aminoácidos essenciais. O conjunto desses elementos proporciona ação energética no organismo, além de aumentar a concentração e ajudar na melhora da qualidade do sono.

 

Semente de Chia

A semente de Chia é rica em ômega 3, fibras insolúveis, além de proteínas e minerais. Essa semente já era usada há muitos séculos pelos Astecas como fonte de energia, pois quando digerida, essa sementinha leva a uma ação energética natural.

Hoje, além de ser uma fonte de energia, ela tem sido consumida por quem busca perder peso, reduzir a pressão arterial, melhorar o funcionamento do intestino, reduzir o colesterol, entre outros benefícios.

 

Açaí

Essa fruta tem uma grande quantidade de antioxidantes e vitaminas do complexo B, o que faz com que esse alimento melhore a concentração e a memória. O açaí também é rico em ácido oleico (gordura poliinsaturada)que propicia energia quase que imediata a quem o consome.

É preciso ficar atento com as polpas de açaí encontradas no sudeste do Brasil, já que muitos estabelecimentos adicionam o xarope de guaraná, que também traz energia, mas pode se tornar uma bomba calórica.

 

Maca Peruana

Antigamente, esta farinha feita a partir de uma raiz encontrada nos Andes era muito consumida pelos Incas. Uma lenda diz que os homens desta civilização consumiam essas raízes antes das batalhas para ganhar força.

Já nos tempos atuais, a Maca Peruana tem se popularizado como um alimento energético e afrodisíaco. A sua composição conta com vitaminas do complexo B, zinco, ferro, cálcio e magnésio.

 

Energia não vai faltar!

Procure se alimentar de 3 em 3 horas e mantenha seu organismo sempre ativo. Desta forma, você evita um maior gasto energético para conseguir digerir uma grande quantidade de alimento, e isso pode roubar sua energia!

É bom lembrar que uma alimentação saudável, a prática da atividade física, a hidratação correta e, dormir no mínimo 7 horas por dia, também vão te ajudar a ter a energia que você precisa!

Amanda Dantas - Nutricionista